UNTA DEFENDE CRIAÇÃO DE PROGRAMA SOBRE TRABALHO DECENTE EM ANGOLA !!



Luanda - O secretário-geral da Unta-Confederação Sindical (Unta-CS), Manuel Viage, defendeu hoje, terça-feira, em Luanda, a necessidade de o governo angolano e os seus parceiros desenvolverem um programa sobre o trabalho decente, para permitir que os trabalhadores possam usufruir maior qualidade de vida.

07 Outubro de 2014

Secretário Geral da UNTA
MANUEL VIAGE - SECRETARIO GERAL DA UNTA


Manuel Viage fez estes pronunciamentos à imprensa após o encontro com as associações de empregadores, promovido pela Unta, nas comemorações do sete (7) de Outubro, dia “Mundial pelo trabalho Digno”, tendo realçado que a criação deste projecto é um programa que os estados devem desenvolver sob o patrocínio da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e visa proporcionar a todos os trabalhadores oportunidades de usufruírem da qualidade de vida.

De acordo com o responsável, os três mandantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT), governo de Angola, os trabalhadores e os empregadores, devem unir-se para que o trabalho decente no país seja uma realidade. “O trabalho decente visto do ponto técnico apresenta quatro pilares, sendo o emprego, os direitos, a protecção social e diálogo, onde o cidadão, que consegue ter uma oportunidade de emprego e esteja a trabalhar no sector estruturado da economia, tem que concorrer para a qualidade de vida”, sublinhou.

Por outro lado, Manuel Viagem garante que o trabalho decente no país ainda não é um facto, por isso, têm estado a trabalhar no sentido de persuadir os empregadores para diminuir os conflitos laborais existentes entre trabalhadores e empregadores.

Fonte: Angop





União Geral dos Trabalhadores de Angola